OE2022. "Eu não sei qual vai ser o veredito", diz Marcelo







Eu não sei qual vai ser o veredito, que ainda não houve votação, disse esta quarta-feira Marcelo Rebelo de Sousa, à margem da visita à fábrica Renault Cacia, em Aveiro, respondendo às questões dos jornalistas sobre a viabilização do Orçamento do Estado para 2022.

O Presidente da República esclareceu que as diligências que fez antes do debate, nomeadamente, com partidos principais de esquerda, que podiam ser a chave de resolução do problema. Porém, indicou, verificou, na altura, que era muito difícil que o Orçamento fosse aprovado.

Ainda assim, manteve que se deve esperar até ao último segundo.

Questionado sobre o calendário para a possível realização de eleições antecipadas, Marcelo afirmou que para já vai aguardar a decisão da Assembleia da República para depois reagir em conformidade.

A Assembleia da República é uma instituição da democracia portuguesa, exerce os seus poderes, nela os partidos manifestam as suas posições, qualquer decisão da AR é democrática e, portanto, o Presidente da República aceita naturalmente essa decisão, adiantou, ainda, o chefe do Estado.

O debate na generalidade do OE2022 arrancou esta terça-feira e prossegue hoje, culminando com a votação da proposta orçamental, numa altura em que o número de votos contra impede a sua aprovação.

Leia Também: AO MINUTO: Recomeça o debate. Parlamento vota OE2022