Após º gol pelo Santos, Tardelli desabafa: &“Muita gente fala que estamos ultrapassados&̶







loading=lazyDiego Tardelli marcou o primeiro gol pelo Santos na vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, em jogo adiado da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Aos 36 anos, Tardelli chegou ao Peixe com quatro meses de inatividade após a saída do Atlético-MG. Ele se recondicionou e mostra evolução partida a partida.

#8220;Com essa sequência, posso evoluir a cada jogo. Me cuido muito, principalmente fora de campo. E no clube mais ainda, tenho idade avançada e não sou mais menino. Vai depender do jogo, da forma que eu me portar em campo. Se tiver que ir os 90 minutos, vamos embora. Não queria sair hoje, mas faz parte. Somos um grupo e todos precisam estar preparados como o Raniel, que entrou bem#8221;, disse Tardelli, antes de comentar sobre seu posicionamento.

#8220;Depende do momento e da partida. Tenho facilidade de me movimentar sem ser referência na área. Bem fisicamente, consigo cumprir papel de me movimentar e chegar na área. Professor pediu para eu estar mais próximo do gol, sem sair tanto. Estando bem fisicamente, com essa confiança que o gol me dá mais ainda, vou melhorar. Já joguei em outros clubes de 9 ou com mais movimentação. Vai do que o professor pedir taticamente e do que vamos encontrar no adversário. E que bom que tenho essa leitura de jogo#8221;, completou.

O atacante também comentou sobre a desconfiança com o seu trabalho e previu mais dois ou três anos no futebol.

#8220;Passa um filme na cabeça com esse gol, desde a base, toda a trajetória#8230; Mais feliz ainda pela minha dedicação. Com 36 anos, muita gente fala que estamos ultrapassados, que não conseguimos correr. Posso provar em campo como sempre fiz na minha carreira toda. Sei do potencial e estou aqui por ter capacidade e poder mostrar meu futebol. Provar para essas pessoas que tenho dois ou três anos para brilhar no futebol#8221;, afirmou.

O camisa 99 ainda comentou o ataque sofrido por #8220;torcedores#8221; depois da derrota para o Athletico na Copa do Brasil elogiou o elenco santista.

#8220;Problema que ficou para trás. Consegui superar isso da melhor maneira possível. Acredito muito em propósito. Se estou aqui, é porque há um propósito. Esqueci desse problema. Eu sabia da minha capacidade, sabia que poderia ajudar o clube nesse momento. Pude focar, trabalhar, me dedicar nos treinamentos e nos jogos quando entrei. Com confiança. E hoje pude trabalhar bem, tanto é que o primeiro gol saiu. Estou muito feliz. Essa é a ideia e o caminho que devemos seguir. Focados em campo, esquecendo dos problemas, e fazendo o que o professor pede, as coisas fluem como aconteceu hoje. Com esse espírito até o final do campeonato, vamos se distanciar dessa posição que nos encontramos. Estamos de parabéns, foi uma grande vitória#8221;, falou.

#8220;Vitória nos dá muita confiança, principalmente pelo jeito que nos portamos. Do jeito que jogamos. Muita entrega, espírito de vitória, todos se cobrando. Passamos por processos ruins nos últimos jogos. Lado psicológico afetou nosso grupo, principalmente nas derrotas. É um grupo jovem, com jogadores não acostumados a passar por isso, numa zona de rebaixamento e cobrança de torcida. Temos nosso papel, os mais experientes. Passamos tranquilidade e tentamos ajudar para fazermos o que fizemos hoje. Não temos nada de diferente dos outros times, pelo contrário. Nosso elenco é forte e se Deus quiser vamos superar esse momento. É só fazer o que fizemos hoje#8221;, concluiu.

Agora fora da zona do rebaixamento e na 16ª colocação, o Santos voltará a campo para enfrentar o Athletico no sábado, na Arena da Baixada, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O post Após 1º gol pelo Santos, Tardelli desabafa: #8220;Muita gente fala que estamos ultrapassados#8221; apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.