Ceni externa insatisfação com parte física de Benítez: “Se crescer, vai jogar mais”







loading=lazyO técnico Rogério Ceni não fugiu de questionamentos envolvendo Martín Benítez. Atendendo aos pedidos da torcida ao fim do primeiro tempo, o comandante do São Paulo viu o argentino mudar o jogo e contribuir para a importante vitória sobre o Sport, mas, apesar do coro pela titularidade do camisa 8, o treinador não parece disposto a abrir mão de suas ideias.

“É prazeroso ver um jogador técnico jogar. Agora, não me venha com essa história de deixá-lo sem marcar ninguém, que os outros marquem. Esse futebol já acabou faz tempo. Quem pensa assim, tem mentalidade pequena. Prefiro fazer com que ele cresça fisicamente do que se acomodar na parte técnica. Se ele crescer fisicamente, vai jogar mais. A decisão não é minha. A decisão é dele, o que ele quer para a vida dele”, disse Rogério Ceni.

Na última quarta-feira, após o empate sem gols com o Athletico-PR, o técnico do São Paulo já havia respondido questionamentos sobre Benítez, explicando que as características de seu elenco não permitem que o argentino seja titular com regularidade. Agora, no entanto, parece que a ausência do camisa 8 entre os 11 iniciais se deve também à falta de imposição física.

“Acho que é um jogador talentoso, joga em uma função bem específica. Se ele se entregar cada vez mais no dia a dia, terá condições de ganhar mais minutos. Prefiro colocá-lo no segundo tempo, quando o adversário está mais cansado. Hoje jogou 45 minutos, conseguimos a vitória”, comentou.

“Quem conquista o espaço é no dia a dia. O time joga para frente e para trás. Hoje em dia não existe jogador que não colabora na parte defensiva. Talento, parte técnica, todos sabemos que ele tem. Depende do que ele entregar durante a semana. Avalio o atleta pelo que me entrega no dia a dia. O que conta para mim não são só esses 45 minutos”, concluiu.

O post Ceni externa insatisfação com parte física de Benítez: “Se crescer, vai jogar mais” apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.