Presidente da Federação Gaúcha vê &“saldo positivo&̶ em volta do público aos estádios







loading=lazyA sétima rodada do Campeonato Gaúcho A2 contou com a volta do público nas arquibancadas em três jogos. O clássico entre Bagé e Guarany marcou a novidade, no Estádio Pedra Moura. As partidas entre Cruzeiro e Veranópolis e União Frederiquense e Glória, que ocorreram mais tarde no último domingo, também tiveram torcedores.



“O saldo foi positivo. Felizmente, deu tudo certo. Nós precisamos fazer alguns ajustes e certamente algumas outras questões ainda terão que ser amadurecidas, mas acho que dá para evoluir”, disse Luciano Hocsman, presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), à Rádio Gre-Nal nesta segunda-feira.

O governo gaúcho determinou o limite de 40%, ou, no máximo, 2.500 pessoas nos estádios. Ainda há os protocolos que devem ser cumpridos pelos torcedores, como permanecer sentado com distanciamento de um metro e uso obrigatório de máscara.

“Estamos fazendo alguns ajustes. Sem a presença do público, era mais fácil montar a grade de horários, inclusive durante a semana. Já para essa rodada próxima da Série A2, alguns horários já foram alterados a pedido dos clubes. Devemos fazer algumas adequações também para auxiliar nossos clubes na questão de buscar uma adesão maior para o torcedor”, comentou Hocsman.

Quando questionado sobre quais acertos pontuais devem ser feitos, o presidente falou sobre as charangas. “Não há uma restrição objetiva em relação a isso no decreto estadual, mas sabemos que, a partir do momento em que há a presença dos instrumentos de sopro, já complica um pouco para o torcedor permanecer sentado#8221;, relatou.

Ainda na tarde desta segunda, Luciano afirmou que terá uma reunião de avaliação entre a direção da FGF para passar novas diretrizes e resolver se o público continuará marcando presença nos jogos.

O post Presidente da Federação Gaúcha vê #8220;saldo positivo#8221; em volta do público aos estádios apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.